8 Perguntas Difíceis de uma Entrevista de Emprego

  • Publicado a 1 de Maio de 2012

Conheça 8 perguntas difíceis de uma entrevista de emprego que podem custar-lhe o lugar e não ser escolhido para trabalhar na empresa. Várias dicas para se safar na entrevista de trabalho.

As entrevista de emprego estão pensadas com um único fim: identificar qual é o melhor candidato possível para o trabalho. Às vezes pode sentir que as perguntas foram preparadas de uma maneira que o pegue desprevenido ou o faço questionar se interessa ou não o trabalho. Mas essa não é a sua intenção.

Prepare-se para a Entrevista de Emprego

Prepare-se para a Entrevista de Emprego

Algumas das perguntas têm como fim determinar como responde perante a pressão de descobrir a sua verdadeira personalidade ou para ver as suas aspirações profissionais. Lembre-se que não existe a necessidade de deixar de responder uma pergunta se não está preparado ou investigou previamente. Se quer evitar um desastre durante a entrevista de emprego aqui ficam algumas das perguntas mais difíceis deste processo de seleção e recrutamento e algumas das respostas modelo.

1. “Fale-me de si próprio”: Esta é quem sabe, a pergunta mais aberta de todas e é uma das mais utilizadas habitualmente pelos entrevistadores no início, para dar-lhe a oportunidade de brilhar. Contudo, deve evitar a história da sua vida. O que o entrevistador está à procura de saber é descobrir em menos de três minutos quem você é e porque você acredita que é a melhor opção para o posto de trabalho. Deve manter uma resposta que se ajuste ao posto de trabalho a que se candidata. Por exemplo:

A sua resposta: Comecei a minha carreira profissional na área das venda à cinco anos como representante de vendas telefónicas. Consegui atingir todos os objetivos, mês a mês, tendo atingido o nível de gerente de vendas três anos mais tarde. Agora sou responsável pela formação e desenvolvimento de uma equipa de 15 profissionais de vendas que estão entre os melhores da empresa em termos de performance.

2. “Quais são as suas expetativas salariais?”: Deve ter investigado anteriormente um pouco sobre o salário médio para o tipo de posto de trabalho que está a se candidatar. Pode tentar desviar a pergunta e dar a volta perguntando o salário que oferecem, mas em geral será um valor inferior ao que espera. Se lhe pedirem um valor é melhor dar entre um conjunto de valores para evitar fixar um preço que não possa negociar. Por exemplo:

A sua resposta: Estou seguro que o valor pago neste posto de trabalho está entre os 800€ ou 1000€.

3. “Porque deveríamos contratar-lo?”: Esta é uma pergunta que lhe podem fazer perder todas as possibilidades de conseguir um emprego. Para responder de volta você deve ter fixado bem quais são os objetivos e expetativas do entrevistador ou responsável pelos recursos humanos. O que significa realmente esta pergunta, é que “O que você pode fazer pela empresa?”. A sua resposta tem que ir em consonância com a pergunta. Por exemplo:

A sua resposta: Tal como eu entendo das vossas necessidades, que são encontrar um colaborador que possa aumentar as suas vendas de publicidade e que tenha experiência na gestão de uma equipa de vendas, eu tenho uma carreira profissional na qual tenho tido sucesso na gestão e no desenvolvimento das minhas habilidades dentro deste setor, o que fez com que as minhas vendas subissem de 150.000€ a 210.000€ nos últimos anos.

4. “Se fosse um carro, árvore, um animal… qual gostaria de ser?”: Embora pareça mentida existem vários entrevistadores que seguem a fazer estas perguntas. Diante de uma pergunta destas não existe uma resposta certa. O entrevistador quer simplesmente comprovar as suas reações a baixa pressão e ver como lidaria com algo inesperado para fazer uma ideia da sua personalidade e como você se vê. Não se ponha com muitos detalhes, simplesmente seja consciente do que diz, para poder explicar. Por exemplo:

A sua resposta: Provavelmente seria um Ferrari – com classe, elegância, potência e performance.

5. “Porque deixou o seu último emprego?”: Não é uma pergunta que façam frequentemente, mas é melhor estar bem preparado para o caso. A regra de ouro é falar sempre de coisas positivas na sua empresa anterior porque nunca se sabe se os caminhos poderão voltar a cruzar-se. Além disso, a quem você irá correr para buscar referências? Por exemplo:

A sua resposta: Eu aprendi muito na minha empresa anterior e desfrutei muito enquanto estive a trabalhar lá. Contudo, as oportunidades de promoção eram poucas e a muito largo prazo e realmente queria avançar na minha carreira profissional.

6. “Quais são os seus pontos fracos?”: Existe uma infinidade de livros de conselhos laborais que aprofundam sobre como enfrentar esta pergunta. A maioria deles parecem sugerir que deve agarrar num dos seus pontos fortes e marcá-la como uma debilidade. Por exemplo: trabalhar demasiado. Mas isto pode ir contra si, pois pode implicar que não saiba se organizar bem nas suas tarefas ou que tenha poucas habilidades de gestão de tempo. No seu lugar, o melhor é optar por uma debilidade real. Por exemplo:

A sua resposta: Custa-me planificar e priorizar a minha carga de trabalho. Contudo, tomei medidas para resolver isto e estou empenhado em utilizar uma ferramenta de planificação e calendário portátil para gerir melhor o meu tempo e tarefas.

7. “Qual é a sua motivação?”: Nunca deve dizer ao entrevistador que o que motiva-lhe mais é poder ganhar um salário de um futebolista, conduzir um ferrari ou ter uma mansão de férias, tem de tratar de dar uma resposta construtiva que faça com que o entrevistador veja benefícios em si, para a sua contratação para trabalhar no negócio. Por exemplo:

A sua resposta: Tenho uma paixão verdadeira em ver a minha equipa superar os seus objetivos de vendas e completar o projeto a tempo e dentro do prazo assinado.

8. “Como é a sua relação com os anteriores companheiros/chefes?”: Esta pergunta é um sinal de que o entrevista gosta e está a pensar em entrar em contacto com a sua empresa anterior para conseguir referências. Neste momento é quando você se dá de conta que o importante é escolher as referências com cuidado. Deve responder a esta pergunta de uma maneira em que acredita que a pessoa vai dar boas referência. Por exemplo:

A sua resposta: Tenho uma excelente relação de trabalho com o meu antigo chefe e nós temos respeito mútuo um pelo outro. Ele considera que sou muito bom trabalhador, dedicado, confiável e com capacidade de iniciativa.

Os nossos utilizadores classificaram este artigo como falando sobre

  • entrevista de emprego zara
  • entrevista primark
  • entrevista zara
  • 8 perguntas dificeis de resonder em uma entrevusta de emprego
  • como preparar me para entrevista na zara estudante
  • hospital amadora sintra perguntas entrevista de emprego
  • perguntas entrevistas zara
  • perguntas para trabalhar na primark
  • primark como me preparar para uma entrevista